Novidades

28 de Março de 2017
Comparativo MDF x MDP

Muitas das pessoas que estão em busca de móveis planejados se deparam com a pergunta: que madeira eu uso? Qual a diferença entre MDF e MDP? Qual é à prova d’água? Qual dura mais? Porque esse é tão mais caro que aquele?

Bom se você tinha dúvidas a respeito disso, seus problemas acabaram agora, vamos lhe explicar exatamente a diferença entre eles, as vantagens e desvantagens de cada um.

Por muito tempo em nosso país utilizou apenas madeira maciça (madeira de lei), felizmente com o avanço da tecnologia e a busca por métodos mais sustentáveis foram criadas madeiras industrializadas que não deixam a desejar se comparadas as espécies extraídas da nossa mata atlântica.  

MDF

MDF significa painel de fibras de madeira de média densidade, é produzido por madeiras de cultivo florestal, sendo ecologicamente correto. Sua composição é feita a partir de fibras de madeira que são unidas através de resina sintética e compactada através da ação da pressão e do calor, resultando numa chapa maciça.

Ele adquire boa resistência e estabilidade, podendo ser torneado e entalhado, abrindo um infinito leque de produção. Permite acabamentos do tipo envernizado, pinturas, aplicações de tecidos e papel de parede, e laminas de madeira e PVC.

Além disso, apesar de não ser totalmente imune à água, ele é mais resistente à umidade. Não sofre com a variação de temperatura.

Em resumo, sua resistência, durabilidade e possibilidade de trabalho acabam tornando o MDF a melhor opção na fabricação de móveis trabalhados.

MDP

MDP significa painel de partículas de média densidade, é produzido por madeiras como Pinus e Eucalipto. Sua composição é feita a partir da aglutinação de partículas, que são posicionadas de forma que as maiores estejam no centro da chapa e as mais finas na superfície, elas são unidas com uma resina sintética e prensadas com calor.

A tábua resultante desse processo é largamente usada na produção de móveis residenciais e comerciais de linhas retas, pois esse material não permite formas mais trabalhadas, que exijam entalhes ou cantos arredondados. Também é menos resistente à umidade e pode possuir imperfeições.

É mais econômico, pelo fato de se usar partículas de madeira reflorestada ao invés de fibras, como é o MDF. Desta forma, há um maior aproveitamento da madeira, diminuindo assim o seu custo.

Para ver o infográfico completo, clique aqui > Comparativo MDF E MDP